Televes Televes
Televes
Language: en | fr | de | it | pl | pt | es
Televes
Televes
Televes
Televes

InfoTeleves 70 (Outubro 2015)

Fecha: 
10/2015

Logotipo InfoTeleves

Anexo Tamanho
INFO_70_Ouctubro_PT.pdf 6,9 MB

 

  Sumário:

  • Informação geral: A TDT NUM IMPASSE +
  • Televes no mundo: TECHDAYS (Aveiro). The Hotel Show (Dubai - EAU) +
  • Ultima hora: DigiNova é agora DiNova +
  • Fotos curiosas: Antena painel camuflada +
  • Novas tecnologías: Televisão através de redes GPON +
  • ¿Sabia que...: a Televés alertou, em devido tempo, para a necessidade de substituição das antenas na implementação da TDT? +
  • Preguntas frequentes: É possível monitorizar uma instalação à distância? +
  • Formação: Parametrização de uma instalação de CoaxData +
  • Dica: MyNET WiFi: uma rede para clientes e outra para o staff do hotel +
  • Instalação real: The Residences at Victoria Clube de Golfe (Vilamoura) +
  • Novos produtos: CoaxData, o único com tecnologia MyNET WiFi +

 

A TDT NUM IMPASSE

 
 

O subaproveitamento da TDT, com o formato actual de apenas 4 canais obriga a população a migrar cada vez mais para as plataformas pagas para ter direito à informação que lhes devia ser dada gratuitamente. Exemplo disso mesmo estão os recentes debates transmitidos na TV entre os líderes das últimas legislativas, em que apenas um foi transmitido na plataforma da TDT.

A necessidade de mais e melhores conteúdos na plataforma da TDT aliado à necessidade de conteúdos cada vez mais locais e regionais abrem portas para que possamos ter em Portugal uma oferta diversificada de televisão na plataforma gratuita.

Tal como defende Nicolau Breyner: «Infelizmente, Portugal é dos poucos países europeus em que a descentralização televisiva não ocorreu. Podemos mesmo afirmar que a descentralização administrativa, ou a sua ausência, reflecte-se, ou é consequência, da inexistência de mecanismos de afirmação e expressão de identidades culturais locais e regionais, associadas ao reforço dos Direitos de cidadania dos povos.

Se continuarmos dependentes da vontade política do governo central
a sua concretização dificilmente ocorrerá

Contudo, Portugal hoje conhece condições favoráveis a uma viragem nesta tendência: quer o quadro legal vigente, quer os meios técnicos existentes, cujo desenvolvimento tem progredido nos últimos anos de forma vertiginosa, permitem uma dinâmica favorável à promoção e implementação de um processo de descentralização no desenvolvimento da actividade televisiva.

Este contexto deve ser encarado como uma oportunidade de intervenção séria, em nome das comunidades locais e regionais, tantas vezes esquecidas pelo centralismo económico e político   

Index

   

Televes en el mundo 

TECHDAYS
(Aveiro) 17 e 18 de Setembro

   

A Televés esteve presente como expositor na TECHDAYS, evento que envolveu centros de investigação e desenvolvimento, empresas de tecnologias de informação, comunicação e electrónica, utilizadores institucionais entre outros num espaço de discussão, difusão de conhecimento e área destinada à exposição.

Na 10ª Conferência Nacional de Telecomunicações - Conftele 2015 foram apresentadas uma das mais importantes montras de tecnologia em Portugal na área das TICE.

A conjugação de entidades de I&D, com a indústria produtora de tecnologia como a Televés, permitiu criar o ambiente certo para potenciar ideias, negócios e oportunidades 

 

The Hotel Show
(Dubai-EAU) 28-30 de Setembro

Com uma grande afluência de visitantes ao stand da Televés, dedicado especialmente a um sector estratégico nos EAU e particularmente para a nossa filial no Dubai.

Este evento ajudou a melhorar o posicionamento da Televés como fabricante de referência em soluções coaxiais, IPTV e Sinalização Digital, permitindo mostrar aos Operadores e sector da Hospitalidade novidades de produto que continuam a merecer a atenção de novos contactos.

O lançamento mundial da nova STB NEMESIS, integralmente desenvolvida e fabricada pela Televés em Espanha com o sector hoteleiro em mente, foi um êxito pela sua capacidade de servir de ponto de acesso WiFi, eficiência energética, rapidez na mudança de canal, etc  

Index

    

Ultima hora

DigiNova é agora DiNova


O êxito alcançado pela antena TDT com menor impacto visual, altera a designação DigiNova para se realizar a sua apresentação global a todos os mercados que necessitem da melhor receção TDT através de uma antena de design discreto e apelativo, integrando-se no meio envolvente.

A antena DiNova inclui a inteligência através do sistema BOSS Tech que adapta de forma automática o nível de saída do sinal.

Para além de ter um inigualável design vanguardista, a antena DiNova oferece uma grande robustez ao estar protegida através de um involcro de plástico ABS.

O design, tecnologia e resistência fazem com que a antena DiNova seja ideal para instalações em fachadas, varandas e vivendas unifamiliares  

Index

FAQs - Preguntas frecuentes

É possível monitorizar uma instalação à distância?
As novas funções do medidor H30 permitem a monitorização remota das instalações


OPINIÃO DO ESPECIALISTA

Os problemas de sinal presentes numa instalação apenas se detectam através de um medidor de campo ligado à rede de distribuição. Se este controlo for realizado remotamente, não ficará outra alternativa de o medidor facultar toda a informação respeitante à medida através de uma ligação à internet.

O H30 permite a conexão a uma rede LAN, podendo aceder às medidas remotamente sem ser necessário aceder ao endereço IP através de um navegador. Pois o acesso a partir de um ponto externo da LAN, o administrador da rede teria que atribuir um IP público, configurar o port forwarding, etc. para se poder proceder ao respectivo acesso.

Para um acesso mais fácil estão disponíveis para além do interface HTML5, aplicações gratuitas para iOS e Android através de Apple Store e Google Play.

Nos Estados unidos é muito frequente a utilização do H30 e do seu controlo remoto em centrais de cabeça regionais. O operador tem-no bem claro: evita uma série de visitas do técnico à central, justificando-se plenamente o investimento 

Index

  

FOTOS CURIOSAS

 

 

 

 

Antena painel camuflada

 

Curiosa esta antena que teve de ser camuflada para não ferir a envolvência arquitectónica, daquele espaço. Não sendo uma instalação que melhor garanta a qualidade do sinal recebido, garantiu o propósito de minimizar o impacto visual 

 

 

 

 

 

Index

Hablando de ... 

Televisão através de redes GPON

As redes GPON são actualmente o tipo de redes com maior índice de implementação pelos operadores a nível global, 
principalmente pela flexibilidade e benefício que oferecem


Genericamente desenvolvem-se sobre arquitecturas de fibra óptica, através de um dispositivo (conhecido como OLT) que multiplexa o tráfico dos utilizadores e todos os serviços que se lhes oferece. Os utilizadores estão conectados à rede por canais de comprimento de onda únicos, que representa uma melhor relação de serviço/custo comparado com outro tipo de tecnologias do tipo FTTH.

Por outro lado, já na última década tem-se explorado a distribuição conjunta de serviços de voz, televisão e dados em banda larga, mais conhecidos como serviços Triple Play. Estes serviços percorrem a rede física como um único stream de dados a alta velocidade.
A novidade de ambos os serviços está a gerar algum alvoroço, de forma a confundirem-se os conceitos GPON e Triple Play associando-se um ao outro.

Há que detalhar que as redes GPON conformam não só um tipo de arquitectura de rede ao nível do suporte físico, mas também define o empacotamento dos serviços que viajam na rede.  Numa configuração típica, os três comprimentos de onda 1310, 1490 e 1550nm são destinados ao upload (dados), download (dados) e CATV, respectivamente.

Portanto, uma rede GPON não tem obrigatoriamente que incluir nos seus serviços de dados o serviço de televisão (IPTV), já que através da fibra é possível a distribuição do sinal de TV numa janela de comprimento de onda independente ao destinado aos dados como sejam por exemplo os serviços de voz e dados de banda larga.

Esta consideração é uma importante vantagem para o proprietário da rede que pretenda manter-se alheio às condições do operador no que à oferta televisiva se refere     

Index

   

Formacion 

Parametrização de uma instalação de CoaxData

O sistema CoaxData não é um simples conversor de meios, trata-se de um sistema profissional de extensão de rede
para operadores adaptar os serviços fornecidos aos utilizaores


 

O sistema CoaxData  permite utilizar a rede coaxial TV (e/ou a rede elétrica) para distribuir o sinal de internet sem necessidade de instalação de novas cablagens, melhorando a qualidade de transmissão e minimizando o efeito do sinal WiFi nos utilizadores (opção baixa potência).

A instalação/configuração destes equipamentos é relativamente fácil o que representa uma grande vantagem para o utilizador final, pois não necessita de muita mão-de-obra nem de configurações muito complicadas.

Genericamente, basta colocar um CoaxData (ref. 769201, 769202 ou 769203) junto ao router do ISP (fornecedor de internet) a funcionar como master e nas outras divisões onde se pretende ter acesso à internet instalam-se CoaxData (ref. 769301) a funcionar como slaves.
O CoaxData (ref.769301) pode ser configurado como ponto de acesso (Access Point) para os casos em que se pretenda que o router do ISP sirva os IP’s aos diferentes dispositivos que se conectam à rede (smartphones, tabelts, computadores,...) ou pode ser configurado em modo router, sendo o próprio CoaxData quem faz de servidor DHCP.

Quando configurado em modo router, temos a possibilidade de ter dentro de uma rede local (LAN), várias redes secundárias. Por exemplo, podemos ter um CoaxData a funcionar em modo router a fornecer os endereços IP para os convidados e desta forma já não conseguem “ver” os dispositivos que estão ligados na rede principal.  A solução MyNet WiFi permite criar uma rede sem fios eficiente, responsável e segura ajustando o nível de potência de acordo com as necessidades. Na parte frontal do equipamento existe um comutador que permite desligar a rede wifi, colocar em baixa potência wifi ou então em modo normal.

Quando se trata de instalações mais complexas (hotéis, hospitais, condomínios, …) existe a possibilidade de aproveitar outras funcionalidades do CoaxData (ref. 769301) para acrescentar mais valias à instalação.

Uma das principais funcionalidades é a criação de redes locais virtuais (VLAN). As VLAN permitem a segmentação das redes físicas, sendo que a comunicação entre máquinas de VLAN’s diferentes terá de passar obrigatoriamente por um router ou outro equipamento capaz de realizar encaminhamento.

Para a criação das VLAN serão utilizadas as 4 interfaces disponíveis: interface coaxial eth0, interface Ethernet LAN eth1, interface wifi ath0 e default bridge br0.

Por exemplo, num hotel podemos criar uma rede WiFi para os clientes e outra para o “staff” do hotel, devidamente protegida com password.
Também será possível fazer a integração com outros sistemas, como por exemplo o sistema de faturação, para cobrar aos clientes o acesso à internet.

Outra funcionalidade muito útil, nomeadamente nos hotéis, é a possibilidade de desabilitar os botões de reset e do WiFi, evitando assim a eventualidade de alteração

A aplicação CoaxManager permite configurar os dispositivos, comprovar o estado da instalação, realizar relatórios sobre o estado da rede para posterior análise, configuração da qualidade do serviço, entre outras coisas.

A configuração dos CoaxData ref. 769301 é feita através de um acesso web com um endereço IP que vem por defeito.
Quando existem muitos CoaxData numa instalação, uma mais valia é a possibilidade de aceder remotamente a cada um através de um endereço IP diferente. Para isso utilizamos um servidor DHCP distinto e através de uma reserva do MAC address da interface coaxial, o servidor atribui um endereço IP de acordo com o MAC.

Se criarmos uma listagem com o registo MAC/endereço IP e o local onde está instalado, a qualquer momento podemos aceder ao equipamento e sabemos onde ele está instalado. Por exemplo, o CoaxData com o MAC - 00:0E:7C:17:2C:CD, tem o endereço IP 10.0.0.6 e está instalado no quarto 25. Também é possível remotamente actualizar o firmawe ou alterar a configuração   

IP ->  Internet Protocol
ISP ->  Internet Service Provider
DHCP ->  Dynamic Host Configuration Protocol (asignación automática de direcciones IP)
LAN ->  Local area network
MAC  ->  Media Access Control
VLAN  -> Virtual Local área network 

Index

     

Sabía que ... ...a Televés alertou, em devido tempo, para a necessidade de substituição das antenas na implementação da TDT?

A Anacom publicou o resultado do trabalho que permitiu identificar os reconhecidos problemas para as dificuldades de acesso à TDT.

Das 543 situações analisadas, em 397 casos foram detectados problemas de acesso ao serviço em que 228 se deveram a instalações inadequadas dos aparelhos pelos utilizadores. A má orientação para o emissor de televisão; problemas de fixação; utilização indevida de antenas interiores ou anomalias diversas como cabos e fichas degradados ou partidos são alguns dos problemas identificados.

Quando a Anacom falava que apenas era necessária uma reorientação da antena, já a Televés alertava para a necessidade de substituição das antenas e cablagens. Agora o resultado está à vista! O tempo veio dar razão à Televés 

 

Index

   

Ideas

MyNET WiFi: uma rede para clientes e outra para o staff do hotel


Num hotel, por questões de segurança, é conveniente que a rede LAN (local area network) onde se ligam os clientes seja independente da rede do staff do hotel.

O coaxdata ref. 769301 possibilita a criação de VLAN (redes virtuais LAN) na interface wifi, permitindo desta maneira criar redes wifi independentes (com SSID e password diferentes para cada rede). Assim, os equipamentos ligados na rede de cliente não conseguem "ver" os equipamentos ligados na rede do staff do hotel 

 

 

Index

Instalacion 

The Residences at Victoria Clube de Golfe (Vilamoura)


 

The Residences at Victoria Clube de Golfe***** é um empreendimento turístico com 145 apartamentos T2 e T3, localizado junto ao Hotel Tivoli Victoria Hotel & Spa em Vilamoura. O empreendimento é gerido pelo Hotel Tivoli Victoria Hotel & Spa proporcionando aos seus hóspedes usufruir de privilégios exclusivos nas facilidades e serviços do Hotel.

Recentemente o empreendimento foi dotado de um serviço WiFi através do sistema Coaxdata.

Aproveitando a rede coaxial existente, foram instalados 1 Coaxdata “Slave” ref. 769301 na ZAP de cada apartamento e no ATE  3 Coaxdata ref. 769202 configurados como “Master”. O Sistema foi configurado com duas redes WiFi, uma para os hóspedes e residentes e outra para o Staff do empreendimento. O sistema permitiu a integração com sistemas de taxação.
A aplicação CoaxManager permite ao gestor monitorizar local ou remotamente toda a rede, emitir relatórios sobre o funcionamento da rede, verificar os dispositivos que estão activos e gerir e/ou limitar o tráfego de dados  

Instalador: Avelino S. Pereira
Parceiros: IPWorks y Next to You 

Index

   


 

 

O acesso à internet mais eficiente

A tecnologia MyNET WiFi da Televés permite configurar o
serviço sem fios CoaxData para baixa potência,
o que permite criar micro-células de acesso à rede 

Index

 

Televes
Televes Televes