Televes Televes
Televes
Language: en | fr | de | it | pl | pt | ru | es | en-us
Televes
Televes
Televes
Televes

FAQ 408-2007-pt

O ?balance? inclina a balança

Respuesta: 

H√° uns anos atr√°s, os cabos de par de cobre utilizavam-se exclusivamente para o transporte de sinais de voz, onde a qualidade do fabrico e as presta√ß√Ķes dos mesmos n√£o eram um factor determinante.
Hoje em dia j√° n√£o √© bem assim j√° que em muitas ocasi√Ķes este meio de transmiss√£o, transporta sinais de dados, e, esta tend√™ncia vai aumentando √† medida que as tecnologias de acesso √† banda larga se implantam nas nossas casas.
√Č agora que a qualidade de fabrico destes cabos e as respectivas presta√ß√Ķes que oferecem, devem ser reconhecidas pelo profissional permitindo-lhe garantir que a instala√ß√£o suporte as exig√™ncias das novas tecnologias de acesso.


Transmissão ?Balançeada?
A transmiss√£o de dados pelos cabos de par de cobre realiza-se em modo diferencial, o que implica que o sinal se divida em duas metades, desfasadas 180 graus uma da outra, e cada uma destas percorra cada um dos condutores do par.
Este modo de transmissão requer que o meio, o par de condutores, pelo que se propaga o sinal seja simétrico ?balanced? em inglês).
Para que o cabo telefónico seja simétrico electricamente (?electrically balanced?) depende da geometria física de fabrico e das propriedades do par de condutores entrançados.
Se dois condutores isolados s√£o fisicamente id√™nticos em di√Ęmetro, concentricidade, material diel√©ctrico e s√£o entran√ßados uniformemente, ent√£o o cabo ter√° uma boa simetria el√©ctrica.

Facilmente se deduz que o grau de ?balance? de um cabo de telefonia depende fundamentalmente do seu desenho e do processo de fabricação.

Na figura seguinte pode-se ver como a Televés cuida o fabrico de um cabo de 4 pares de cobre , Cat 6. Note-se que dependendo dos pares o passo do interlaçado é mais ou menos alongado garantindo-se assim os standard exigidos para Cat6.


Quando a aplica√ß√£o √ļnica dos cabos de para de cobre era a voz, as consequ√™ncias de empregar um cabo deste tipo poderiam limitar-se a certos problemas ao utilizador. Hoje o instalador deve reconhecer um bom desenho e fabrico que lhe garanta que as aplica√ß√Ķes de dados n√£o ficaram penalizadas pelas baixas caracter√≠sticas do cabo empregue. Num mercado concorrencial como o que vivemos hoje em dia todos os estratagemas s√£o v√°lidos para vender sobretudo nos distribuidores menos preocupados com as exig√™ncias t√©cnicas. Come√ßam a surgir no mercado cabos de dados ? Cat 5 e Cat 6 ? cujos condutores passam a ter grandes percentagens de a√ßo misturados com cobre (40 a 60 %) com o intuito de se tornarem mais baratos o que se contrap√Ķe a uma poss√≠vel limita√ß√£o da largura de banda da instala√ß√£o onde ficarem aplicados. Pela tabela abaixo podem verificar-se as diferen√ßas de di√Ęmetro que t√™m que existir no condutor central para que cabos com positivo em a√ßo cobreado atinjam id√™nticas presta√ß√Ķes a um cabo cujo positivo seja produzido em cobre puro como s√£o os Telev√©s.
Como garantia final de que o cabo de dados cumprirá com a categoria que lhe é associada nada melhor que exigir ao fabricante um certificado de Categoria idêntico ao apresentado.
Um sinal de ru√≠do externo em muitos casos gera uma voltagem de ru√≠do em modo comum no cabo. Se o cabo tem uma boa simetria esse sinal de ru√≠do chegar√° ao receptor presente por igual em ambos os condutores do par (e n√£o desfasada 180¬ļ no condutor respeitante ao outro do par, como ocorre com o sinal √ļtil) e portanto ser√° relativamente f√°cil cancelar.


Os cabos de dados UTP (Ref.2196/9) / FTP (Ref.2195) compostos pelos 4 pares de fios de cobre, garantem simetria e uma transmiss√£o de dados de alta qualidade gra√ßas ao seu desenho e qualidade de fabrico. √Č garantido um bom ?balance? el√©ctrico, o que se traduz numa maior imunidade √†s fontes de ru√≠do externas. O cabo Ref. 2195 tem ainda a vantagem de possuir uma blindagem de uma cinta de alum√≠nio protegido posteriormente por uma bainha exterior em PVC.

Dever√£o ser utilizados cabos de pares de cobre, sim√©tricos e entran√ßados, como por exemplo os dos tipos UTP, STP e FTP. Podem ser utilizados outros cabos de pares de cobre, desde que apresentem caracter√≠sticas de qualidade iguais ou superiores √†s indicadas e que se adaptem aos respectivos servi√ßos e √†s presentes Prescri√ß√Ķes e Especifica√ß√Ķes T√©cnicas.

Manual ITED


Conselhos durante a instalação:


- Durante a instala√ß√£o evitar tens√Ķes longitudinais (?dar pux√Ķes?) excessivos e manter raios de curvatura amplos.
- Manter uma adequada separa√ß√£o entre os cabos de telefonia e os cabos el√©ctricos. No caso de instala√ß√Ķes √† superf√≠cie, evitar que os cabos passem perto de fontes de luz florescente ou outras fontes de ru√≠do externo.
- Ao conectar o cabo não eliminar mais cobertura do que a necessária e igualmente procurar desentrançar os dois condutores o menos possível.
Televes
Televes Televes