Televes Televes
Televes
Language: en | fr | de | it | pl | pt | ru | es | en-us
Televes
Televes
Televes
Televes

0341-2013

A TDT [Sat] será sempre mais cara do que a TDT

Descri√ß√£o: 

1. Introdução
O estudo a seguir apresentado, em Gráfico, é uma comparação entre os custos necessários para servir uma moradia tipo até 8 tomadas com serviços TDT ou DTH, com o objectivo de se conseguirem em ambos os casos os mesmos Graus de Funcionalidade.
2.Nível dificuldade:
a. Terrestre: Recomenda-se que a orientação/instalação seja realizada por profissionais com auxilio a equipamentos de medida. Pela facilidade da obtenção do sinal, muita das vezes estes sistemas são instalados por indivíduos não qualificados, ditos curiosos ou mesmo pelos proprietários, nestes casos os sistemas podem não ficar optimizados a 100%.
b. Satélite: Orientação/instalação realizada por profissionais com auxilio a equipamentos de medida. A percentagem indivíduos não qualificados que conseguem instalar uma antena satélite, com sucesso, é residual.
3. Disponibilidade do sinal na infraestrutura existente:
a. Terrestre:
• Em 100% das instalações é possível disponibilizar o sinal TDT na totalidade das tomadas da rede, quer estas sigam a topologia estrela ou cascata.
b. Satélite:
• Impossível, um serviço 100% funcional, quando a infra-estrutura da rede individual é em cascata, o que acontece em mais de 80% das habitações anteriores ao ITED.
• Impossível, um serviço 100% funcional, quando a tubagem não permite passagem de mais do que um cabo coaxial para o interior da habitação.
• Pode implicar a substituição das tomadas TV-R, aplicadas em mais de 80% das instalações, por tomadas TV-SAT.

  • Dificuldade futura se a instalação for preparada para um nº mínimo de  saídas satélite (alteração de LNB, tomadas, …).
4. Criticidade de Custos, em DTH
a. Quando o total de tomadas da moradia for de 9 ou superior, os custos da instalação DTH sobem exponencialmente resultantes do facto de a distribuição passar a ser centralizada em sistemas de comutação – MSW – de 12, 16, ou mais saídas. Pelo contrário os valores do sistema TDT mantêm-se inalterados em Custos e Grau de Funcionalidade.
b. Nos valores em gráfico, para o DTH, não estão contabilizados os custos, mais do que prováveis, da combinação dos sinais DTH com a modulação do sinal proveniente do STB para servir as tomadas não abrangidas pelo Grau de funcionalidade.
5. Retoma do serviço em caso de intempérie:
a. Terrestre:
• É rápido o restabelecimento de um sistema de recepção onde a antena e/ou o suporte tenham sofrido danos devido à intempérie. O utilizador final é capaz de reposicionar a antena de recepção terrestre pelo conhecimento adquirido anteriormente. Podemos afir- mar que no dia seguinte ao do evento o sistema de recepção está restabelecido.
b. Satélite:
• O restabelecimento do sistema de recepção, no dia seguinte ao de um evento, não é fácil para o utilizador final. Necessitará sempre do apoio de um especialista e neste caso muito dificilmente conseguirá resolver a questão nos dias imediatamente seguintes ao acontecimento. Além desta questão haverá seguramente a necessidade de aquisição de um novo reflector parabólico o que representa um custo adicional.
 

Definições:
Grau de Funcionalidade – O grau de funcionalidade mede a disponibilidade do serviço (DTH ou TDT) em todas as tomadas da vivenda. Nota-se que enquanto o serviço TDT está sempre integralmente disponível em todas as tomadas da rede (100% de funcionalidade), no caso do DTH os 100% só se atingem, no mínimo, acima de 800,00€ de investimento.
Infra-estrutura TDT existente – Moradia já possui Recepção Terrestre, composta por antena e respectivo suporte, e rede de distribuição interna composta por cabo coaxial e pontos de recepção – tomadas – seja em cascata ou em estrela.
Mudança de antena para TDT - Investimento correspondente a um sistema de recepção terrestre com antena de gama alta, respectivo suporte e sistema de amplificação para cobrir as atenuações da rede coaxial.
Antena DTH existente (C / STB a 50€/un.) – Moradia já possui Recepção Satélite, composta por antena SAT, respectivo suporte, LNB, um ponto de ligação para o STB contemplando-se nesta curva o investimento em STB’s (cada unidade a 50€) e num LNB que permita atingir o grau de funcionalidade pretendido.
Infra-estrutura DTH não existente – (Instalação + STB a 50€/un.) – Este investimento corresponde à instalação de antena satélite, suporte, cabo coaxial, conectores e LNB com saídas adaptadas ao grau de funcionalidade pretendido. Para que o critério de grau de funcionalidade se mantenha terão que ser adquiridos STB’s (valor unitário de 50€) num total igual aos pontos de ligação onde se deseja o serviço.

Televes
Televes Televes