Televes Televes
Televes
Language: en | fr | de | it | pl | pt | ru | es | en-us
Televes
Televes
Televes
Televes

0434-2013

Decreto-lei 123/ de 21 de Maio 09. Porta aberta para quem?

Descri√ß√£o: 

O impulso governamental no sentido da rápida implantação de Redes de Nova Geração em todo o país e disponíveis a todos os consumidores, está a ser aproveitado pelos Operadores, uns mais beneficiados que outros, para moverem uma agressiva campanha de marketing junto da população. A população, por falta de conhecimento anda confusa e alguns estão crentes que vão ter Fibra em casa já ao virar da semana.

Os beneficiados, como sempre em tudo o que diz respeito à tecnologia, são os habitantes dos grandes núcleos urbanos, pois é aí que recaem as apostas comerciais dos operadores.
Os da província, esses continuarão a ser colocados em prioridade baixa e tardarão em ser servidos pela dita tecnologia. Esta é a realidade que alguns conhecem. No entanto a grande maioria da população iludida pela publicidade agressiva e persistente, continua à espera.
Muitos, infelizmente, assumiram que só os operadores são capazes de entregar em sua casa televisão com qualidade e sobretudo com qualidade Digital. Pura mentira, reveladora de desconhecimento.
Muitos pagam uma mensalidade para ver os 4 canais de sempre Canal1, TV2, SIC e TVI. O desconhecimento leva o português a pagar para ver 4 canais de que pode usufruir gratuitamente e já com qualidade Digital.
Instalador, sim Instalador, você já se deu conta que tem a faca e o queijo na mão para lutar contra este estado de coisas e sobretudo contra este desconhecimento global que grassa no consumidor doméstico? Porque:
O Instalador sabe que já arrancou a Televisão Digital Terrestre Gratuita!
O Instalador sabe executar convenientemente uma instalação ITED (1)!
O Instalador é por decreto, actualmente, em conjunto com o projectista, a entidade com mais responsabilidade e poder decisório técnico numa instalação ITED!
O Instalador tem total autonomia e poder de decisão sobre a execução de uma ITED (Fibra, Coaxial, e Parde- Cobre) desde do ATE até ao ATI!

 

O Instalador é a entidade que determina oficialmente se uma ITED está em conformidade ou não com as prescrições do Manual!
Instalador, não se iluda com todo este poder!
Sabe o que pode acontecer se
Você não cumprir com os seus deveres?
Você não evoluir tecnicamente?
Você não souber instalar e conectorizar Fibra?
O operador, será chamado a fazer as ITED em alternativa a si, Instalador!
Saindo o Instalador da ITED, não existindo o acto da Certificação, o Operador terá caminho aberto para instalar e contratar com o empreendedor (construtor) produtos e serviços que servirão os futur os moradores dos edifícios. Quando o consumidor final adquirir a fracção dá-se conta que não possuí TV de difusão Digital livre instalada nas suas tomadas, ao contrário de outros países como França, Espanha, Itália, Reino Unido onde o número de canais eleva-se a mais de 25 livres. Este facto vai contra as regras de livre acesso a bens e serviços por parte do consumidor.
Ao determinar o fim do acto da Certificação, o decreto-lei 123, não está a tornar a vida fácil ao Instalador, ao contrário do que muitos, ignorantemente, possam pensar. O Instalador vê as suas responsabilidades e obrigações redobradas. O instalador não pode cair na atitude fácil de pensar que a sua instalação não irá ser inspeccionada por ninguém e nesse caso não há necessidade de cumprir com nada do estabelecido nos Manuais ITED e ITUR. Puro engano! Este tipo de atitude é um atestado de morte ao Instalador, a curto prazo.
Obra mal executada, mesmo

 

 

que o produto cumpra todos os requisitos e exigências do Manual ITED, (fig 1) significa consumidor mal servido .

Por este caminho o Instalador perde clientes, credibilidade e autonomia, e para sobreviver passará a subempreiteiro de algum Operador. Não é certamente este o futuro que o instalador deseja.
Caro Instalador, o decreto-lei 123 dá-lhe a possibilidade de gestionar e executar com método e rigor as ITED (fig 2) .

E se assim actuar a sua função como Instalador terá futur o assegurado e cumprindo o Operador a dele: Venda de Serviços e Funcionalidades através do suporte executado pelo Instalador.
(1) Instalações de Telecomunicações em Edifícios, que entre outras obrigam à instalação de Sistemas de Antenas Colectivas em Edifícios com 2 ou mais fogos ( Decreto Lei 123/Maio 2009).

 

Televes
Televes Televes