Televes Televes
Televes
Language: en | fr | de | it | pl | pt | ru | es | en-us
Televes
Televes
Televes
Televes

2008-008 pt

Calibração e Certificação Fieis e Personalizadas

Descrição: 

O equipamento de certificação para redes coaxiais ITED é composto por dois elementos fundamentais e obrigatórios:
Um gerador de Portadoras ITED, ref 4009 e um medidor de Campo da gama FSM capaz de registar automaticamente os valores medidos e capaz de permitir a gestão do respectivos registos, via PC, em SW compatível - FSM Management 2.03 - originando relatórios de funcionalidade fieis e personalizados à instalação em fase de Certificação.


Para além da devida calibração dos respectivos aparelhos, necessária de renovação adaptada de acordo com o uso, devem-se ter em conta as respectivas extensões de cabo coaxial utilizadas para as necessárias ligações entre Gerador de rede coaxial e entre Medidor de Campo e ponto de medida da rede coaxial. Estas extensões, adiante chamadas de "chicotes" contribuem también para a fiabilidade da medida final.

O cabo T100, Ref. 214101 ITED, é pela sua flexibilidade, pela sua blindagem, e baixa atenuação o meio físico de ligaçõ mais aconselhável para servir de base a qualquer "chicote". O acto de calibração obriga a dois "chicotes" terminados em conectores tipo "F" macho. Um destes será fiel companheiro do Gerador e um outro fiel companheiro do Medidor de Campo.

O primeiro passo a associar ao acto da certificação deverá ser a "Calibração" de todo o sistema de Medida, ou seja o encontro dos valores de referênncia que servirão de padrão para a medida, onde estão descontados à partida os valores das atenuações de inserção dos cabos e conectores usados nos chicotes. É fundamental manter sempre os mesmos chicotes ao longo de todo o processo de certificação. Se por alguma razão se altera o comprimento ou o tipo de cabo coaxial do chicote, nova calibraçõ deverá ser efectuada antes de se iniciar a calibração.

Os valores de referências serão a primeira posição de memória no datalogger a criar no FSM. Serão esses os valores a descontar (subtrair) aos valores encontrados e medidos nos restantes pontos da instalação, estando o gerador devidamente ligado no ponto de injecção de sinal do sistema. O resultado dessa subtracção será o correcto valor da atenuação da rede coaxial ITED e não poderá diferir em mais de 3 dB's do valor projectado. Com este sistema, automático, de cálculo de atenuação, em nada nos devemos preocupar se na saída do gerador de sinal ITED não conseguimos por alguma raz4ao ajustar o nível de saída projectado.
Extraíndo os valores memorizados no datalogger do FSM para a aplicação Excel conseguiremos com uma simples configuração e relacionamento entre colunas de valores encontrar o valor da atenuação da rede coaxial ás frequências piloto geradas pelo 4009.

Mais vantajoso aindo do que a simples aplicação do gerador ITED ref 4009 será combinar o sinal de saída deste com o sinal do gerador de ruído ITED ref 5930 conseguindo-se com este último uma análise exaustiva e precisa do comportamento da rede coaxial ITED ao longo de toda a banda de frequências para a queal está preparada.

Televes
Televes Televes