The wishlist name can't be left blank

Documentação

A documentação mais completa e actualizada dos nossos produtos e serviços disponíveis para visualização e download. Seleccione uma categoria para iniciar a pesquisa.

InfoTeleves 73 (Abril 2016)

Informaçao geral

David Cerqueiro é o novo gerente da Televes Electrónica Portuguesa

A Televes Corporation nomeou David Cerqueiro como novo gerente da Televes Electr√≥nica Portuguesa Lda. Com Licenciatura em Administra√ß√£o e Direc√ß√£o de Empresas pela Universidade de Santiago de Compostela, Cerqueiro possui um Master em Com√©rcio Externo e desempenhou nos √ļltimos tr√™s anos fun√ß√Ķes de ger√™ncia da filial alem√£, a Televes Deutschland GmbH.

A partir de agora encarregar-se-á da direcção da filial lusa, com o objectivo de ganhar cota de mercado e expandir a empresa nos países lusófonos do continente africano. Neste sentido, Angola, Moçambique e Cabo Verde são mercados identificados como oportunidades interessantes de negócio, e por afinidade idiomática e laços culturais, deve ser realizada por Portugal. Para alcançar os seus objectivos, o novo gerente irá valorizar os pontos fortes da Televés Electrónica Portuguesa, a mais antiga das dez filiais internacionais que integram a estrutura da Televés Corporation, onde o volume de negócios da casa mãe para os mercados externos já ascende a mais de 60% do valor de facturação.

Ganhar cota de mercado e expandir a empresa nos países lusófonos do continente africano são alguns dos objectivos de Cerqueiro

Nos mais de 30 anos que a Telev√©s est√° em Portugal, a empresa afirma-se como um dos players mais importantes do seu sector e um ponto de refer√™ncia para os instaladores de telecomunica√ß√Ķes. A empresa possui instala√ß√Ķes pr√≥prias em Lisboa e na Maia, onde est√° localizada a direc√ß√£o da empresa, juntamente com uma unidade fabril, √°rea log√≠stica e o departamento de assist√™ncia t√©cnica, cujo trabalho √© a chave na filosofia da empresa. Precisamente, no refor√ßar a proximidade ao cliente orienta-se uma das mais recentes iniciativas da Televes Electr√≥nica Portuguesa, como √© a nova p√°gina na rede social Facebook.

Televes no mundo

Semin√°rio ITD3 (Guimar√£es), CabSat (Dubai) e Mobile World Congress (Barcelona)

Semin√°rio ITED3 (Guimar√£es) 29 de Fevereiro

O ciclo de semin√°rios relativos ao Ited3 terminou com a a√ß√£o na Cidade Ber√ßo. Com debates sempre animados, estas ac√ß√Ķes serviram para esclarecer as muitas d√ļvidas por parte de instaladores e projectistas Ited, e, simultaneamente dar a conhecer as recentes novidades Telev√©s.

CABSAT (Dubai - EAU) 8-10 de Marzo

Es para Televés la plataforma perfecta para abrir nuevas oportunidades de negocio y estrechar lazos con nuestros clientes, en una región muy dinámica y en la que la marca Televés es cada día mejor conocida y apreciada. Televés expuso sus soluciones FibreData y CoaxData para infraestructuras QuadPlay en el sector Hospitality.

Mobile World Congress (Barcelona) 26-28 de Febrero

Telev√©s present√≥ CafeLife, el sistema integral que tiene por objetivo el cuidado y la mejora de la calidad de vida de los mayores y de las personas dependientes, desde la perspectiva del fomento del envejecimiento activo y saludable. La presentaci√≥n de CareLife se realiz√≥ conjuntamente con Cruz Roja en el stand de Vodafone Espa√Īa, donde se realizaron demostraciones del producto.

√öltima hora

TSuite na Play Store e App Store

O controlo de cabe√ßas de rede T.0X pode ser realizado atrav√©s de aplica√ß√Ķes m√≥veis.

O Tsuite, para al√©m da sua vers√£o em Windows, est√° agora dispon√≠vel para as plataformas iOs e Android. O ajuste e monitoriza√ß√£o remota das cabe√ßas de rede Telev√©s tornam-se assim compat√≠veis com smartphones e tablets, permitindo interven√ß√Ķes imediatas do instalador nas √°reas da manuten√ß√£o.

Perguntas frequentes

Por que é que o CoaxManager não funciona quando é executado desde um CoaxData Gateway?

O Gateway necessita ser configurado para ser detectado pelo CoaxManager.

OPINIÃO DO ESPECIALISTA

O Gateway (Ref.769301) é um escravo um tanto especifico já que a sua configuração interna está composta por dois blocos independentes: um escravo CoaxData com interface coaxial (WAN) e um interface LAN constituído pelos interfaces ethernet e WiFi.

Durante os procedimentos de instalação e ensaio, é executado o CoaxManager a partir de uma porta ethernet de um Gateway, devendo-se ter a precaução de ignorar o interface ethernet do escravo CoaxData; ou seja, o Gateway terá de se configurar previamente em modo "AP Bridge". Desta forma o CoaxManager não será capaz de aceder à parte coaxial do dispositivo.

Após finalização dos procedimentos de instalação e optimização da rede, e em função da configuração final desejada, ter-se-á que restaurar a configuração inicial para modo Router.

Fotos curiosas

Parabólica de longo curso

√Č gratificante saber que a Telev√©s contribui para que a passagem do tempo se torne mais agrad√°vel sob determinadas circunst√Ęncias.

A antena parabólica instalada na cabine do camião será seguramente uma boa solução para as longas esperas em locais de descanso e estacionamento.

Ao manter a sua localização, o motorista terá de ter a precaução de estacionar de forma que a traseira do seu bólide fique alinhado ao sul.

Novas tecnologías

Circuitos MMIC: um salto exponencial no desenho de componentes

As imensas possibilidades oferecidas por esta tecnologia auguram uma nova geração de equipamentos da Televés e abrem a porta à diversificação até sectores mais competitivos.

O fabrico das placas de circuito impresso é um dos cunhos da marca Televés, sendo uma demonstração de uma vocação de auto-suficiência e desenvolvimento tecnológico. Quando em 1983, a Siemens decidiu exportar para fora da Alemanha a sua primeira máquina de montagem de componentes de superfície (SMD), foi a Televés quem a adquiriu. O tipo de investimento da tecnologia em questão, era praticamente um desconhecimento no sector.

Sempre fiel a este conceito, a Televés vai dar mais um passo importante no compromisso com o desenvolvimento e fabrico de componentes de tecnologia MMIC (Monoltithic Microwave Integrated Circuits). Uma nova aposta que será um enorme avanço e que proporcionará elevada vantagem competitiva. O MMIC reduz drasticamente as limitações quanto ao design de soluções complexas. Através de componentes tradicionais, os designers ficam limitados nas suas exigências de projecto, às especificações técnicas dos integrados que os fabricantes de componentes possuem em carteira. Pelo contrário, e através da tecnologia MMIC, a Televés pode agora produzir os próprios componentes à la carte. A imaginação e a capacidade industrial é praticamente o único limite.

O fabrico dos circuitos MMIC é realizado através de compostos de semicondutores como o Arsenieto de gálio (GaAs), o nitreto de gálio (GaN) e silício-germânio (SiGe). O Arsenieto de gálio oferece vantagens, como a sua capacidade de funcionamento a altas frequências e possui alta resistividade que impede as interferências. Isso torna possível a integração de dispositivos activos, linhas de transmissão e elementos passivos num único substrato, criando-se circuitos tão pequenos que são necessários microscópios de elevada potência para os poder utilizar.

Do ponto de vista comercial, desenvolver-se-á uma nova geração de equipamentos no domínio da recepção e distribuição de sinais de televisão. Certamente que o progresso irá mais longe, pois impulsionará o acesso a sectores tão exigentes como a Aviação, Defesa, Energia e Automóvel.

Esta aposta está só ao alcance de uma empresa que tem a inovação no seu ADN, confirmando uma visão estratégica que a Televés faz questão de ser a líder no seu core business, e que vai introduzindo nos mercados emergentes, uma orientação da Agenda Digital Europeia e o quadro para o programa de investigação e inovação da EU Horizonte 2020.

Formação

Planificação de uma instalação GPON com FibreData

Uma instala√ß√£o que permite o fornecimento de todos os servi√ßos de telecomunica√ß√Ķes a centenas de utilizadores dever√° estar idealizada desde o seu primeiro instante; a defini√ß√£o de todas as etapas de execu√ß√£o, economiza tempo e minimiza os riscos de ocorr√™ncia de erros.

A configura√ß√£o de uma rede GPON necessita que na OLT sejam definidos diversos par√Ęmetros para uma correta gest√£o dos servi√ßos fornecidos. No caso do sistema FibreData, estes par√Ęmetros s√£o:

1. SERVIÇOS

  • Para al√©m dos pr√≥prios servi√ßos, √© necess√°rio especificar o tipo de tr√°fego associado.
  • Na imagem, apresentam-se cinco tipos de servi√ßos e os respectivos tr√°fegos associados

2.¬† PERFIS DO TR√ĀFEGO DE DOWNLOAD

  • Defini√ß√£o da gama de larguras de banda para download, dispon√≠veis para os utilizadores. Em cada uma destas larguras de banda, dever-se-√° especificar como se gere esse mesmo tr√°fego.

3.¬† PERFIS DO TR√ĀFEGO DE UPLOAD

  • Mesmo conceito que ponto anterior.

4.  PERFIS DE ONU

  • Definir as ONT que est√£o associadas √† rede GPON. A OLT ter√° de identificar, para cada modelo de ONT, os v√°rios interfaces que cada uma possui de forma a poder atribuir as funcionalidades respectivas.
  • Como exemplo, apresentam-se tr√™s refer√™ncias da gama de ONT Telev√©s.

5.  CONFIGURAÇÃO DOS INTERFACES ETHERNET E PON

  • Na rede GPON cada servi√ßo est√° associado a uma VLAN. A identifica√ß√£o de cada VLAN pode fazer-se no router do operador ou no OLT. Cada interface ethernet de entrada pode estar associado a um ou v√°rios servi√ßos.

6.  DISCOVERY

  • Ap√≥s a associa√ß√£o de servi√ßos, interfaces e perfis, a OLT reconhecer√° as ONT que est√£o na rede PON. O administrador ter√° que as agregar √† rede.

7.  ACTIVAÇÃO NA ONU

  • A √ļltima etapa √© a activa√ß√£o em cada ONT dos servi√ßos associados. Para tal utiliza-se o interface web de cada ONT, tamb√©m acess√≠vel pelo administrador atrav√©s uma VLAN de management, ou ferramentas ZTC como TFTP.

A configura√ß√£o de uma rede GPON trona-se mais simples, ao conhecerem-se as v√°rias etapas a cumprir e os par√Ęmetros a ajustar. Previamente √† instala√ß√£o, a melhor forma de gerir correctamente a rede √© estruturar bem os servi√ßos e perfis a utilizar.

In memoriam

Despedida a um defensor de causas

No passado Info de Outubro 2015, nº70, recorremos a um artigo de Nicolau Breyner na revista Cais nº 207. No escrito, da Cais, Nicolau Breyner defendia a descentralização da televisão como suporte para a afirmação e expressão das identidades culturais locais.

Fica aqui registada, de um forma singela, a nossa homenagem e agradecimento a Nicolau Breyner pelo que fez, também, a favor de mais TDT. Obrigado

Um adeus sentido para o designer Carlos Rolando

El pasado día 3 de febrero falleció en Barcelona, a la edad de 83 años, el diseñador Carlos Rolando. Argentino de nacimiento, Rolando se estableció en la capital catalana a finales de los años 60 y desde allí emprendió una trayectoria que lo situaría como uno de los grandes referentes de su profesión en España. Televés confió en él en sus inicios y con él tomó una de las decisiones más exitosas de la historia de la compañía, al menos desde el punto de vista de la Comunicación.

Rolando fue un gran defensor de la adopción del Pantone 137 como color corporativo de la compañía y su aplicación a las antenas parabólicas. Era 1972 y los tejados de los edificios comenzaban a poblarse con los platos naranjas que hasta el día de hoy han sido la auténtica bandera de Televés. Galardonado en 2005 con el Premio Nacional de Diseño, Rolando era un gran defensor del papel de los elementos visuales en la Comunicación y, a lo largo de su dilatada carrera, desarrolló innumerables logotipos e identificativos de marca, tanto para empresas privadas como para instituciones y eventos. Entre estos últimos, cabe destacar el logo de la Exposición Universal de Sevilla de 1992 o, más recientemente, la imagen de la candidatura olímpica Madrid 2016.

Nosotros le recordaremos por su visión audaz, su buen hacer profesional y por la gran contribución que realizó a la imagen de marca de Televés.

Dica

Ligar sinal satélite utilizando a vantagem de equilíbrio dos derivadores

Os derivadores têm a vantagem de se poderem interligar de forma a adaptar-se as atenuações às necessidades das várias saídas para a instalação. Para tal existem derivadores com o mesmo número de saídas com atenuações diferenciadas. Tradicionalmente os derivadores não possuem passagem de corrente entre as saídas derivadas e a entrada. A Televés desenvolveu uma gama de derivadores que aliam a vantagem dos repartidores (passagem de corrente das saídas para a entrada) e as vantagens dos derivadores (capacidade de adaptação das atenuações à instalação) num equipamento só.

Como exemplo numa instalação com sinal satélite (DC) com tomadas com distâncias dispares é possível numa instalação, equilibrar convenientemente o sinal numa instalação de maiores dimensões.

Para suportar estes passivos é possível utilizar o novo Painel Multi-Coax de 19” e 1U (Ref.530710) que permite albergar 3 derivadores, tendo ainda saída de passagem para painéis seguintes.

Ref. Atenuação Tipo
514110 12dB TA
514210 16dB A
514310 20dB B
514410 24dB C
514510 29dB D

Derivador 5-2400MHz 4D “F” DC ALL

Instalação rea

News Museum (Sintra)

O edifício do antigo Museu do Brinquedo, no centro histórico de Sintra deu agora lugar ao News Museum, ou Museu das Notícias. Um espaço altamente interativo dedicado às notícias, aos media e à comunicação.

No centro do edifício existe uma espiral com algumas dezenas de televisores, em que cada um deles está dedicado a um canal de notícias.

Para que esse objectivo fosse cumprido, a instalação está servida com uma solução Digital T0X, com sinais transmodulados de DVB-S2 para COFDM. Sinais provenientes de 3 satélites, (Astra19, Hot-Bird e Hispasat) com programas livres e do operador, TDT e 6 sinais internos em HDMI entregues a Encoders T0X.

Com esta solução a Televes fica diretamente ligada a um dos objetivos deste museu, a comunicação.

Um espaço a visitar!

INSTALADOR:

COMSOM

An√ļncio

FibreData